/ Apresentação

O que é design gráfico?
O design gráfico é um processo técnico e criativo que utiliza imagens e textos para comunicar mensagens, idéias e conceitos, com objetivos comerciais ou de fundo social.

O que é a ADG Brasil?
A Associação dos Designers Gráficos (ADG Brasil), é uma associação sem fins lucrativos de âmbito nacional fundada em 1989 com o objetivo de representar, registrar, disseminar a atuação do designer gráfico brasileiro, além de congregar os profissionais e estudantes para o fortalecimento do design gráfico nacional e o aprimoramento ético da prática profissional e o desenvolvimento de seus associados.

Uma andorinha só não faz verão

Debate sobre a regulamentação do designer no Centro Carioca de Design.

Debate sobre a regulamentação do designer no Centro Carioca de Design.

O design brasileiro vive um momento político dos mais positivos. Após 30 anos, a luta pela regulamentação da profissão vê seu sétimo Projeto de Lei enfim avançar pelas instâncias de aprovação do governo, o que renovou o interesse de estudantes e profissionais pelo tema. O crescimento do país nos cenários político e econômico mundiais confere ao design cada vez mais destaque tanto no Ministério do Desenvolvimento da Indústria e do Comércio Exterior como na recém-criada Secretaria da Economia Criativa. Já a entrada do design no Conselho Nacional de Políticas Culturais abre caminho para a obtenção de investimentos e incentivos fiscais, além de uma maior participação nas ações do Poder Público. Para tanto, é necessário disposição e articulação política por parte de nós, designers. Não há melhor forma para consolidar essa integração do que por meio das associações de classe.

 

Gestão 2016/2018

Missão
— Congregar designers gráficos, visando a difusão e o desenvolvimento da profissão;
— Celebrar a qualidade do design gráfico brasileiro;
— Representar a profissão junto aos órgãos públicos e fóruns de discussão;
— Defender as necessidades e interesses dos designers gráficos;
— Orientar seus associados em questões técnicas, éticas, jurídicas e contábeis;
— Incentivar a criação de editais e concursos para designers gráficos por parte da iniciativa pública e privada;
— Promover a boa prática profissional.

Diretrizes
— Fortalecer o papel da ADG Brasil entre seus associados, parceiros e sociedade;
— Participar ativamente do debate sobre a regulamentação da profissão;
— Construir uma gestão horizontal, coletiva e inclusiva, buscando uma maior participação dos associados;
— Fomentar a representação local através de representantes e regionais;
— Viabilizar uma estrutura profissional para a administração da associação.

Metas

— Tornar o processo de associação mais simples e eficiente;
— Expandir a atual base de associados, ampliando sua representatividade efetiva;
— Aproximar as instituições de ensino da ADG;
— Pleitear a inclusão do designer gráfico e de funções afins na lista do MEI;
— Promover o debate sobre o atual estatuto e a sua reestruturação;
— Mapear as ações e eventos sobre design gráfico por todo o brasil, criar um calendário unificado e apoiar as iniciativas de sucesso;
— Promover ações e eventos locais e online para promover o design gráfico e a ADG;
— Organizar a 12ª Bienal de Design Gráfico | 2017.

 

Diretores

Vanessa Queiroz (São Paulo)Vanessa Queiroz (São Paulo/SP) — Diretora Administrativa
Designer de formação e sócia co-fundadora do Estúdio Colletivo, escritório de design e ilustração que atua no mercado desde 2003 e clientes como Nike, Itaú, Netflix, Warner, Adidas, Visa, Nespresso, e as maiores agências de publicidade do país.

 

 

Haroldo Brito (Brasília/DF)Haroldo Brito (Brasília/DF) — Diretor Financeiro
É sócio diretor do estúdio Criatus Design, graduado em design gráfico pelo Centro Universitário IESB; Desenvolve projetos de identidade visual, institucional e editorial; Empreendedor, palestrante/instrutor/mediador em design, processos gráficos e empreendedorismo, lecionou no SENAI (2005-2013); Shortlist nas 10ª e 11ª Bienal Brasileira de Design Grafico ADG e no 14º Prêmio Jorge Salim; Associado ADG Brasil e ADEGRAF; Ativista pro bono em ações que gerem mudanças sociais através do conhecimento.

 

Piero Lucchesi (São Paulo)Piero Lucchesi (São Paulo/SP)
Formado em Marketing e Desenho Industrial e pós-graduado em Artes Visuais.
Sócio-fundador e responsável pela área de comunicação, design editorial e branding do Estúdio Mamelucos Rio.
Co-coordenador da 11ª Bienal Brasileira de Design Gráfico 2015.

 

 

Richard Melchiades (Goiânia/GO)Richard Melchiades (Goiânia/GO)
Graduado em Artes visuais com habilitação em design gráfico pela Faculdade De Artes Visuais – FAV-UFG; Sócio fundador dos escritórios de design Fictícia Lab e Estúdio de design GOtype; É membro fundador do Tipografeed – Coletivo tipográfico e do CADEG – Centro Acadêmico de Design Gráfico. É membro residente do Coletivo Centopeia. Foi um dos organizadores do RDesign Pirenópolis CO/MG(2008). Atual no mercado desde 2006 nas áreas de design, animação, cinema, branding, fotografia e lettering.

 

Airton Jordani (Florianópolis/SC)Airton Jordani (Florianópolis/SC)
Gaúcho, nascido em Porto Alegre (1972), radicado em Santa Catarina. Mestre em Design pelo Programa de Pós-Graduação em Design (PPGDesign), da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Membro do grupo de pesquisa CNPq Núcleo de Estudos Semióticos e Transdisciplinares – (NEST/UDESC). Graduado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Pós-graduando (especialização) em UX Design/UFSC. Doutorando em Artes Visuais (PPGAV/CEART/UDESC). Coordenador de Design e Programação Visual, Diretoria-Geral de Comunicação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), desde 2013. Foi Professor Pesquisador II – Designer Gráfico (2013/2014) com bolsa CAPES, do Departamento de EaD, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e professor na Universidade de Caxias do Sul (2009/2010), atuando nos cursos de Design Gráfico e Sistemas de Informação.

Igor Franzotti (Vitória/ES)Igor Franzotti (Vitória/ES)  (LICENCIADO)
É capixaba. Sócio-Diretor de Design na Lifebrand – Branding. Estudou Desenho Industrial da Universidade Federal do Espírito Santo. Atua em vários projetos de design, mas tem foco em Identidade Visual e Branding.

 

 

Patricia Prado (Florianópolis/SC)Patricia Prado (Florianópolis/SC) (LICENCIADA)
Formada em Design gráfico pela Faculdades Barddal de Artes Aplicadas, trabalha com design de informação há 7 anos e vai iniciar, em agosto, a especialização em Design Experiencial pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

 

 

 

Suplentes

Renato Mesquita (Goiânia/GO)Renato Mesquita (Goiânia/GO)
Graduado em Artes Visuais – Habilitação em Design Gráfico – pela Faculdade de Artes Visuais – FAV/UFG. Tesoureiro da atual gestão (2014-2015) do Centro Acadêmico de Design Gráfico – CADEG/UFG. Membro discente do Conselho Gestor da UFG (gestão 2015-2016). Organizador das edições 2014 e 2015 da seintegra! Design – Semana Integrada de Design (UFG + PUC GO + Senac GO). Organizador do 24º NDesign – N_Goiânia 2014. Membro fundador dos RDesign CO/MG 2015 (Erupção) e 2016 (Reação). Bolsista no Media Lab/UFG. Sócio da startup Certifiq. Trabalha na IlustraDesign, escritório de Ilustração e Design em Goiânia.

Marcelo Roncatti (São Paulo/SP)Marcelo Roncatti (São Paulo/SP)
É Sócio do Estúdio Colletivo, responsável por design e ilustração.

 

 

 

Conselho de ética

Cláudia El-Moor –  .

Fernanda Martins (PA) – Typedesigner formada em Artes Plásticas pela Escola de Comunicações e Artes – ECA-USP. Pós graduada em design gráfico e tipografia, na Basel School of Design, Suiça. Além da produção de trabalhos na àrea design estratégico, sustentabilidade, design social, identidade visual e tipografia, também ministra oficinas de desenho tipográfico e aulas de tipografia na Miami Ad Scholl/ESPM. Em 1986 retomou as atividades da empresa de seu pai, Ruben Martins – a Forminform. Atualmente mora em Belém e é sócia da empresa Mapinguari Design.

Gabriel Patrocinio (RJ) – Designer e ativista do design. Graduou-se pela ESDI (1982), e obteve seu PhD pela Cranfield University, Inglaterra (2013), com tese sobre Políticas Públicas de Design – sua tese recebeu o primeiro lugar no 28º Prêmio do Museu da Casa Brasileira, em 2014. Atualmente é Professor Adjunto e Coordenador do Laboratório de Políticas de Design do IFHT/UERJ, além de membro do Conselho de Design do MAM-RJ. Fez parte da diretoria da ADG (2013-2015), do conselho consultivo da ABEDESIGN (2013-2014), do conselho de design da Secretaria de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro (2007-2009), e foi professor (desde 1983), vice-diretor e diretor da ESDI (de 2000 a 2008). Possui uma extensa experiência como conferencista internacional na área de design e inovação e como consultor de propriedade intelectual.

Conselho fiscal

Gisela Abad – Designer com 41 anos de atuação, formada pela Esdi|UERJ. Pós em Design da Informação pela UFPE e Mestrado em Design pela Escola Superior de Desenho Indústrial. É sócia fundadora da 2abad Design, empresa sediada em Pernambuco, onde atua há 18 anos.

Henrique Nardi – É designer gráfico formado pela Anhembi Morumbi e pelo SENAI. Mestre em Artes Visuais pela UNESP. Organiza há 10 anos o Tipocracia e professor de Tipografia nos cursos de pós-graduação do SENAC São Paulo. Diretor da ADG Brasil, gestão 2011–2013.

Léo MacVal (SP) – É fluminense radicado em São Paulo. Graduado em Desenho Industrial pela UniverCidade (RJ). Antes do design, cursou Ciência da Computação na Universidade Federal de Juiz de Fora (MG). Hoje é sócio do Estúdio Mamelucos onde desenvolve projetos em todas as áreas do design, com especial atenção ao design interativo, unindo conhecimentos de duas áreas distintas e complementares. Diretor Administrativo da ADG Brasil na gestão 2013–2015 e Coordenador Geral da 11ª Bienal Brasileira de Design Gráfico 2015.

Conselho consultivo

André Stolarski (In Memoriam) – Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela FAUUSP. Designer membro da AGI (Alliance Graphique Internationale) desde 2012. Dirigiu o departamento de design e museografia do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro de 1998 a 2002. Foi Diretor da ADG entre 2007 e 2009. Participa das bienais da associação desde 1998, com dezenas de projetos selecionados desde então. Atuou como jurado-curador em 2007 e como supervisor curatorial do evento em 2009. É sócio-diretor da produtora Tecnopop e Coordenador de Comunicação da Fundação Bienal de São Paulo.

Bruno Porto – Formado em Design Gráfico e pós-graduado em Gestão Empresarial / Marketing. Coordenador Executivo da Bienal de Tipografia Latino-Americana TIPOS LATINOS, membro do Conselho Diretor da SIB, do Conselho Consultivo da ADEGRAF, e da ADG Brasil, onde integrou sua Diretoria (2004-2007), Coordenação RJ (2002-2004), Conselho de Ètica (2007-2009), e organização de diversas edições da Bienal Brasileira de Design Gráfico.

Marck Al (GO) – Graduado em Artes Visuais com habilitação em Design Gráfico pela FAV/UFG (2000); mestrado em Cultura Visual com foco em Interação e design de Interfaces. Desde 2010 é professor assistente do curso de Publicidade e Propaganda da FIC/UFG. Foi sócio fundador do estúdio de design Nitrocorpz entre 2003-2014. Atualmente dirige com sua esposa o estúdio Neuralbrand onde atua como consultor de design.