/ 2006

8bienal

8ª BIENAL BRASILEIRA DE DESIGN GRÁFICO

Ano: 2006

Local: Memorial da América Latina – São Paulo

Nº de inscritos: 2.306

Nº de projetos: 309

Nº de profissionais: –

O Memorial foi novamente sede da mostra em 2006, em sua oitava edição. 309 projetos foram selecionados da maior quantidade de trabalhos enviados até hoje à Bienal Brasileira do Design Gráfico: 2.306 inscrições. A Bienal homenageou o designer Ruben Martins com uma mostra retrospectiva e incluiu ainda a exposição DINGBATS BRASIL no Instituto Europeo de Design.

Em sua 8ª edição, A Bienal abriu espaço na mostra seletiva, tanto para a participação de significativos projetos de jovens designers e de estudantes, como para projetos autorais ou mesmo idealizado para clientes de pequeno porte. Essas mudanças não significaram, no entanto, a exclusão de trabalhos que se afirmam como produtos de excelência (mesmo sem promover grandes rupturas) ou voltados para o mercado.

Apesar de não ser uma exposição de raiz curatorial, a comissão organizadora decidiu agrupas os projetos identificando questões e comportamentos comuns presentes nos trabalhos. Seguindo esse conceito, a mostra foi organizada em 12 eixos temáticos, buscando uma nova perspectiva sobre o design, avaliando tendências e direcionamentos sobre a atual produção dos profissionais brasileiros. Contou com 2.100 projetos inscritos na mostra seletiva, dos quais foram selecionados 307, por um júri composto por 40 profissionais da área.

Nessa edição da Bienal, foi retomada a tradição, iniciada em 1992, de homenagear um profissional brasileiro. A mostra resgatou a produção do designer Ruben Martins, apresentando um painel com seus projetos mais significativos.

A mostra foi realizada no Memorial da América Latina, em São Paulo, no período de 20 de junho a 23 de julho.
CARVALHO, Sônia Valentim. O Cartaz nas Bienais Brasileiras de Design Gráfico. 1. ed. São Paulo, 2010. 77-78 p.