/ 2002

6bienal

6ª Bienal Brasileira de Design Gráfico

Ano: 2002

Local: SESC Pompéia – São Paulo

Nº de inscritos: 1.700

Nº de projetos: 321

Nº de profissionais: –

A primeira Bienal do século XXI levou 38 mil visitantes ao SESC Pompéia em 2002. Além da exposição de 321 projetos, o eventos contou com palestras e workshops de convidados internacionais.

A 6ª edição da Bienal colocou um pauta o resultado econômico do design, apresentando cases que foram alavancas no sucesso dos produtos. Isso não significou, todavia, a exclusão de trabalhos ditos “transgressores”, o que exigiu do júri a necessidade de equilibrar a seleção de projetos ousados, destinados a poucos, e de projetos de caráter mais institucional, destinados ao grande público. Além da questão conceitual, havia a delimitação do número de selecionados: do total de 1.700 projetos inscritos, deveriam ser escolhidos cerca de 300 trabalhos, considerando-se a limitação do espaço exspositivo.

Definidas essas questões, coube ao curador da mostra, Francisco Homem de Melo, estabelecer uma baliza curatorial com critérios muito bem definidos para os 35 jurados, organizados em 12 grupos, para selecionarem projetos inscritos em 19 categorias.: Oo resultado final foi de 338 trabalhos.

A segunda tarefa do júri foi definir, entre os selecionados em cada categoria, os três trabalhos finalistas. A terceira e última tarefa, esta individual, foi a análise dos 57 trabalhos finalistas e a votação em um premiado em cada uma das categorias: símbolos e logotipos, identidade corporativa, capas de livros, livros, catálogos, relatórios e brochuras, periódicos, direção de design de periódicos, cartazes, sinalização, ambientação, TV, cinema e vídeo, CD-rom, internet, capas de CD, embalagens, material promocional, autopromoção, tipografia e miscelânia.

Nessa edição da Bienal, tivemos palestras com os designers David Carson (EUA), John Warwicker (Inglaterra), Bruno Maag (Suíça) e Rubén Fontana (Argentina). Os palestrantes e profissionais brasileiros, Rico Lins, Kiko Farkas, Vicente Gil e Ana Lúcia Lupinacci, entre outros, realizaram visitas à mostra durante o evento, expondo seu olhar pessoal sobre cada trabalho.

A mostra foi realizada no SESC Pompéia, em São Paulo, no período de 21 de março a 7 de abril.

CARVALHO, Sônia Valentim. O Cartaz nas Bienais Brasileiras de Design Gráfico. 1. ed. São Paulo, 2010. 59-60 p.