/ 1992

1ª Bienal Brasileira de Design Gráfico

Ano: 1992

Local: MIS – São Paulo

Nº de profissionais: 28

Estabelecidas as bases para que a ADG pudesse tornar-se um canal de discussão sobre as questões mais emergenciais relacionadas com a práxis do design, a decorrência natural desse processo foi a concretização de sua primeira exposição, a Expo ADG 90-92.A primeira edição da Bienal da ADG aconteceu em 1992, no MIS em São Paulo. Ela reuniu trabalhos de 28 profissionais, todos Sócios ADG, e prestou homenagem ao designer Luiz Cruz.

Adélia Borges, em seu texto de apresentação do catálogo da mostra, considera esse evento como o passo mais audacioso da ADG desde sua fundação e que seria impossível deixar de se exultar com a qualidade dos trabalhos apresentados. A produção diversificada de 28 escritórios ou profissionais autônomos, no que tange à tipologia de projetos e às linguagens utilizadas, propiciou ao mercado e ao público em geral uma visão do design como atividade produtiva relacionada com a indústria, comércio e serviços.

No catálogo da mostra, encontramos as principais modalidades de projetos, tais como sistemas de sinalização, embalagens, capas de livros, programas de identidade visual, relatórios anuais, catálogos institucionais, materiais promocionais e cartazes.

Nessa primeira exposição, houve uma homenagem ao designer Luiz Cruz, como reconhecimento pelo seu trabalho. Seu legado é composto por um excelente portfólio (trabalhos desenvolvidos em seu próprio escritório e no DETEC-FIESP/CIESP), inúmeros artigos e textos sobre design e uma excelente dissertação de mestrado sobre Marketing e Design.

A mostra realizada no Museu da Imagem e do Som MIS, em São Paulo, no período de 23 de abril a 10 de maio, teve um alto índice de visitação e repercussão na mídia.

CARVALHO, Sônia Valentim. O Cartaz nas Bienais Brasileiras de Design Gráfico. 1. ed. São Paulo, 2010. 13-14 p.